EDUCAÇÃO DA FALTA OU FALTA DE EDUCAÇÃO

February 14, 2018

Por que reprovar por falta?
Eu realmente gostaria de entender.

Vejam bem.
A ementa do curso é a apresentada. O professor escolhe a forma de avaliação, aplica seus exames seja de que natureza for [quase nunca dialogada com o aluno], o aluno cumpre todas as metas estabelecidas pela comprovação [nefasta] das provas e atinge a nota mínima para passar e... é reprovado.
Porque faltou muito.

Eu gostaria de entender: a presença garante o quê?
Por que a aprendizagem deve ficar abaixo [ou no mesmo nível] da presença, no caso da primeira ser atingida?
A "educação da falta" se sustenta em qual princípio pedagógico?
Ou mais uma vez estamos evidenciando a "falta da educação", onde ela [a educação] fica submissa ao sistema e às suas regras estapafúrdias?

Por que o aluno deve estar minimamente em sala para aprender se aprendeu do mesmo jeito? O sistema precisa de uma espécie de fetichismo pelo aluno? Por que se o objetivo pedagógico não é a presença por que o aluno é punido pela falta?

Volto então para a pergunta desse post:
o que [ou quem] [verdadeiramente] está faltando?

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

Contate-nos: (61) 3345-0071   / whatsapp: 9861-2097 /  contato@institutolasneaux.com   /   CRS 512 - Bloco C - Sobreloja 57/61 - CEP 70.361-535

Brasília/DF

  • LinkedIn ícone social
  • Instagram ícone social
  • Facebook ícone social

© 2018 Instituto Lasneaux